“Primeiro Impacto” mudava drasticamente há sete anos

O jornalismo mergulhava em seu mais triste capítulo em uma emissora aberta há sete anos, com a reformulação do programa “Primeiro Impacto”, promovida por Senor Abravanel. A emissora passou a contar com um jovem inexperiente no comando das manhãs da rede, em detrimento das âncoras anteriores.

A chegada causou um terremoto nos bastidores. Parecia uma piada, que duraria apenas no feriado. Mas, essa mudança afetou a linha editorial do então telejornal matinal. O primeiro formato era inspirado no “Fala Brasil”, inclusive com o mesmo expediente de ancoragem, com Joyce Ribeiro e Karyn Bravo para emular o que era feito na concorrente com Carla Cecato e Roberta Piza.

O movimento ocorre sete meses depois da estreia, com isso a atração passa a se inspirar na essência do “Balanço Geral” e se transforma em uma maratona popular. Na estreia do novo formato, o programa teve 2,4 pontos de média entre 06h00 e 07h59.

Eduardo Ferreira de Almeida Camargo foi um dos apresentadores do matinal entre 12 de outubro de 2016 e 05 de julho de 2023, depois dessa mudança o matinal tem uma nova reforma e agora é apresentado por Daniele Brandi, Darlisson Dutra, Felipe Malta e Marcos Paulo Ribeiro de Morais.

Atualmente, o programa conta com aproximadamente sete horas no ar, transmitido entre 06h00 e 13h00 e perde na média final para sua concorrente direta pela medalha de prata.