“Luz do Sol” foi preterida em escolha vespertina

A segunda reprise da novela “Luz Do Sol” (2007) seria exibida no ano de 2020, logo depois do fim de uma nova passagem de “A Escrava Isaura” (2004), mas ela foi preterida em favor de panfletagem religiosa que acabou não se concretizando num lapso de lucidez da direção do canal paulista.

O planejamento era para manter os números altos do folhetim escrito por Tiago Santiago, colocar uma novela nessa mesma linha. Mas, a herdeira de Edir Macedo colocou duas novelas de época em sequência, o que saturou o gênero.

A brilhante ideia de Cristiane Cardoso era colocar depois de “Belaventura” (2017), toda a sequência bíblica. Mas, foi impedida pela força divina, ou pelo fogo da Fogueira Santa de sua denominação.

O projeto tinha duas novelas na grade, mas “Os Dez Mandamentos” (2015) caiu e ficou apenas uma novela na grade.

A primeira reprise da novela de Ana Maria Moretzsohn foi exibida há quatro anos, com uma fase mais auspiciosa do “Balanço Geral” e terminou sua segunda passagem na grade com 6,0 pontos de média na Grande São Paulo.

Agora, a emissora tem uma novela só com 80 minutos e intervalos enormes, jogados de forma errada atrapalha assim a estratégia do canal paulista. Ainda assim, a rede da Barra Funda vence a concorrente.

>> Com informações do NaTelinha