O seu portal de fofoca!

ESPN precisa se movimentar no mercado

A ESPN precisa fazer um movimento no mercado de jornalismo porque no último ano e meio perdeu quatro vozes importantes do seu elenco. Desde dezembro de 2022, a Disney perdeu Nivaldo Prieto, João Guilherme, Rômulo Mendonça e por último houve a saída de Paulo Andrade, confirmada na tarde desta terça-feira (05). 

O braço esportivo da empresa estadunidense não coloca vozes novas em seu time desde julho de 2022, quando contratou Camila Garcia e Maurício Bonato, com uma diferença de apenas alguns dias. As adições foram feitas cinco meses antes da saída de Prieto e Guilherme.

Pelo volume de eventos ao vivo, a emissora precisa de novos funcionários para não sobrecarregar aqueles que lá estão. A saída de Andrade redistribui as cartas no baralho de vozes, mas para aumentar a oferta de transmissões em português como foi prometido recentemente, será necessária uma ofensiva.

Há profissionais qualificados nas concorrentes e até mesmo atuando fora da chamada grande mídia. Mas, esse trabalho de formiguinha precisa ser feito, mais dia menos dia. Como bem disse Allan Simon em seu canal no YouTube, o foco do Mickey Mouse parece ser a manutenção dos direitos de transmissão das principais competições.

Entre as ligas nacionais da Europa, por exemplo, falta só a Bundesliga. Mas, para a próxima temporada vai perder um recheio importante dos meios de semana, as competições UEFA migram para a LiveMode, responsável pela operação da Cazé TV.